Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wonder woman

"It´s impossible until you get it"

Wonder woman

"It´s impossible until you get it"

Slow life. Eu decidi abrandar

De há um ano para cá mudei em muitos aspectos, mudei muitas atitudes que estava habituada, troquei muitas rotinas, alimentação e deixei de ser aquilo que era.

Passei a valorizar as pequenas coisas; a comer melhor e mais saudável; a parar e ver melhor o mundo; a meditar e aprender a respirar; a preferir momentos a objectos, a valorizar um jantar de amigos em casa sem preocupações de vinho a mais ou do se vamos comer bem, coisa que fora de casa não é assim tão fácil; a trocar o carro pela caminhada; a gastar cada vez menos dinheiro; e a ser menos rígida na educação da minha filha, valorizar brincadeiras no chão e cada segundo passado com ela.

Aprendi a viver mais o momento, portanto no fundo estava a aderir ao movimento Slow life, mesmo sem saber.

sem nome.png

 

Agora que tenho consciência disso pretendo ser ainda mais Slow, juntado à possibilidade de umas despesas um pouquinho maiores para ter melhores condições de habitação, junto o útil ao agradável.

 

Portanto enumero aqui umas quantas coisas a mudar e pode ser que inspire alguém:

  • Acabou-se o café fora de casa. tenho sempre cápsulas de café em casa ou café de filtro feito, posso muito bem beber café em casa ou levar num copo térmico para o caminho. E quando chego ao trabalho tenho sempre café à discrição. Mas também não pretendo abusar, 2 a 3 cafés por dia chegam bem;
  • Acabaram os produtos processados em casa. à excepção das bolachas para a pipoca levar para a escola não há mais nada processado, eu faço o meu próprio pão, molho de tomate ou qualquer caldo, e até a massa de pizza...
  • Não compro mais sacos. uso os que tenho e quando se estragarem uso os de pano;
  • Acabar primeiro os milhentos produtos de cosmética e higiene que tenho. agora que comecei a organizar armários reparei que tenho imensos geis de banho diferentes ou diferentes cremes. Vou acabar primeiro tudo o que tenho e só depois comprarei o estritamente necessário;
  • Lençóis, cobertas e têxteis. assim que tiver dois conjuntos de lençóis decentes tudo o que tenho chega bem;
  • Quinhentos mil conjuntos de pratos e talheres. Para quê?! Se somos apenas duas e só muito raramente vem cá alguém jantar. fica apenas o básico e necessário;
  • Carro. apenas quando necessário! Tentar conjugar os transportes e caminhadas
  • Ginásio. Outro corte. Estive estes dois meses a pagar e só lá fui uma vez, por falta de tempo e não terem aulas compatíveis com os meus horários de trabalho. Agora que a menina tem escola tenho de mudar a rotina, menos compatível estarei com aquele ginásio. Assim que chegar a minha pulseira dos passos vou tentar começar a correr uma a duas vezes por semana.
  • Roupas e calçado. comprar apenas o necessário e os básicos. aqueles produtos que nunca saem de moda, exemplo o vestido preto, uma camisola de alças, uns jeans, um casaco de cabedal.. e comprar em outlets ou saldos, só porque passou a moda não quer dizer que não se compre roupa bonita;
  • Comida a granel. Neste momento só conheço três sítios que vendem a granel, uma loja ao lado do mercado de campo de Ourique, a brio e o Jumbo. Levamos o saco, enchemos com o que queremos e pagamos apenas o que vamos consumir. Tem massas, grãos, leguminosas, farinhas, chás, café, cereais etc..
  • Livros. Este campo é o mais difícil, é o meu vicio. Mas para já vou lendo os da família, depois ou aproveito os grandes descontos ou compro no OLX em segunda mão, encontram-se lá boas oportunidades.
  • Mercado. Quando se arranja uma velhota amiga lá no mercado, por meia dúzia de tostões traz-se coisas boas para casa.

São apenas alguns exemplos, existem muitas mais coisas e uma mudança de atitude e forma de estar também é importante..

Desliguei das redes sociais como já referi aqui e sinto-me bem mais feliz. Apenas mantenho o blog e o pinterest.

 

sem nomed.png

 

Continuando a tentar ser uma pessoa melhor mais calma e tentando criar uma criança, que um dia será adulta, uma pessoa melhor..

 

Sejam felizes

 

 

6 comentários

Comentar post