Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wonder woman

"It´s impossible until you get it"

Wonder woman

"It´s impossible until you get it"

Há alturas em que ser viver sozinha não dá com nada... 

Pois então, eu que sou muito sensível a coisas/pessoas/animais mortos vi-me grega.

Desde pequena que não consigo ver mortos, tenho reacções estranhas. Sempre que me levavam a funerais ou velórios era irem conscientes de que me traziam ao colo, tivesse eu a idade que tivesse. Ver mortos arrepia-me de tal maneira que entro em pânico e desmaio. quando comecei a ficar demasiado pesada para me carregarem ao colo lá desistiram de me levar a esse tipo de coisas.

Não sou sensível, sou do tipo "morreu, menos um" mas não posso os ver. Simples assim. 

 

Por algum motivo não gosto de animais em casa além da sujidade, porque sei que a esperança média de vida dos animais é menor que a minha portanto digamos que a probabilidade de os ver mortos é muito maior. 

 

Tenho dois peixes à coisa de três anos, bem... Tinha.. agora só tenho um!

 

É aqui que vocês pensam "ah e tal mega post no blog por causa do peixe que morreu". 

 

Bem ele não morreu, ele matou-se! Ponto número um.

Ele saltou do aquário em direção à morte (momento mórbido). Achou que tinha asas e podia voar.  

 

Ora chego eu a casa e vou para dar comida aos peixes, coisa que a minha linda filha deixou de o fazer quando era da responsabilidade dela. E só vejo um peixe no aquário.. ca raio mas onde anda o outro peixe laranja.. ainda olhei por baixo das bolinhas e plantas que tenho dentro do aquário e nada. Olho em volta e nada.. até que vejo o cabrão do peixe está de baixo da mesa, morto claro! Ele era laranja o chão também tem esses tons acho que queria passar por camaleão.. até aqui tudo bem, pensei  "ora menos um"..

Depois quando começo a pensar como o vou apanhar começam os arrepios e o reboliço no estômago. Na não vou desmaiar por causa de um peixe! Saio da sala vou para a cozinha para arranjar mil e uma formas de o apanhar sem grandes stresses.

 

Juro que ainda pensei em ir chamar o vizinho de baixo para o apanhar, ou chamar o namorado para vir cá a casa... Mas não! Big girls don't cry! 

Bota papel higiénico em cima (carradas), varre para a pá e sanita a baixo.. RIP ao Stanley por favor... 

 

Venci! Yeah! 

Mas se vivesse com outro adulto seria muito mais fácil... Anyway, agora o stress é explicar á filha para onde foi o peixe..

Não quero comprar outro! Quero que deixe de haver animais em casa... Bem espero que o Oscar ainda viva mais um pouquinho, tenho de recuperar deste funeral..

 

Sejam felizes...

 

2 comentários

Comentar post