Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Wonder woman

"It´s impossible until you get it"

Wonder woman

"It´s impossible until you get it"

Saloia no mascarade 2017

Sou da terra do carnaval..  mas nunca em vez alguma me mascarei, exceptuando claro na altura da primária.

 

Mas este domingo fugi à regra. Influenciada mascarei-me e fui ao mascarade 2017 no Palace Hotel Lisboa.. uma espécie de festa de carnaval fina nas cavalariças do hotel Pestana em Belém.. 

 

mascarade-2017-by-captain-morgan-8989.jpg

 

Foi super divertido..Acho que nunca me diverti tanto na vida.. E bebi....

Descobri o sentido da palavra ressaca no dia a seguir.. 

 

O ambiente era fantástico, a música nem por isso, e estávamos todos num muito bom ambiente. 

 

A indumentária foi de Wendy... Em que o par ia de Wally e foi o tempo todo a dizerem-nos que finalmente nos encontraram ao fim de tantos anos.. pessoas que nunca tinha visto a quererem fotografar conosco.  

Acho que entrei no espírito e a bebida ajudou a esconder a timidez de falar com estranhos... 

IMG_20170225_114646.jpg

 

Sei que a meio da noite, depois de algumas bebidas já dava mais cinco a super marios e Luigis. E metia-me com outros wallys e wendys.

 

E sei também que tirei os sapatos, de tanto dançar magoavam os pés, e passei o tempo todo a dançar com eles na mão..Momento típico à saloia em Lisboa..

Num ambiente tão fino andar de sapatos na mão..

 

Enfim foi inesquecível e ei de ser velhota e ser uma história para contar.. 

 

Fuck off face

Há dias em que temos vontade de mandar tudo bugiar. Dias em que queremos manter o nosso ar sisudo e não falar para ninguém.

Dias em que estamos chateados apenas porque sim. Porque nada é fácil para nós e tudo aquilo que queremos demora eternidades a chegar. Dias em que pensamos se não vai ser sempre assim..

 

Há dias e dias.. 

 

Mas nada como um pouco de cafeína é uma maquilhagem para esconder a cara de fuck off e sair para a rua molhar a cabeça com chuva molha parvos, arejar e arrebitar.

 

Porque nós somos aquilo que queremos ser. E eu não quero ser mal disposta...

IMG_20170227_093320.jpg

 

Felicidade sem motivo é felicidade?

Nada me corre muito bem mas também não corre mal. Apenas corre.

A vida corre sem nos dar-mos por isso. As semanas passam a correr e quando dás conta já estás a planear a nova semana na agenda.

 

Talvez vivamos demasiado depressa, mas também pode ser sinal de que estás bem e não dás conta do tempo passar. 

 

Têm sido semanas difíceis, mas já estou a recuperar e deserta por começar uma nova.

 

Sinto-me feliz sem razão aparente. Juro que não sei o motivo. Tudo continua na mesma e nada parece desenrolar como queria.

Talvez tenha aprendido a apreciar as pequenas coisas.. talvez a felicidade seja um aglomerado de pequenas coisas e não um todo como julgara. 

Talvez não precise de mais... Ou será que preciso? 

 

Enfim estou feliz, é algo certo?

 

Sejam felizes

Jane e os sapatos

Não sou fã de sapatos.. juro que não.

Sou uma mulher que aproveita qualquer oportunidade para descalçar os sapatos.

É a primeira coisa que faço quando chego a casa. No trabalho já sou conhecida por "aquela que anda descalça no refeitório". No prédio "aquela que anda descalça na escada comum do prédio". E por aí adiante, não preciso de mais exemplos que vocês já estão a ver o panorama... 

 

Numa outra vida fui a Jane do Tarzan...

 

Mas já que tenho de fazer o frete de calçar sapatos, gosto de sapatos bonitos e costumava coleccionar até ir para uma casa húmida que estragou parte da coleção...

 

E a semana passada recebi esta beleza de presentes.. Lindos não são? 

 

Para ir para o trabalho só uso sapatos rasos ou com salto largo, para conseguir subir os dois km de calçada a pique.. 

Mas estes ficam para as folgas.. 

 

Não sou fácil de me apaixonar mas estes sapatos não foi preciso de muito...

 

IMG_20170219_144544.jpg

 Se isto fosse um blog de moda diria "ah e tal fica bem com isto e aquilo " mas não é. Apenas digo que qualquer mulher precisa de uns sapatos vermelhos.. 

 

Ahaha 

 

E são da deichmann ..

 

Kisses

 

Lisboa e o lado obscuro

Desde que comecei a trabalhar em Lisboa que deparo-me com uma triste realidade.. os sem abrigo. 

São inúmeros que vejo todos os dias.. e estão em qualquer canto. 

 

Uma cidade tão linda como Lisboa fica feia e sombria perante essa realidade.. se fosse turista ficava com má impressão do país de como é descuidado e desinteressado pelo seu povo. 

 

Mas tenho vindo a aperceber que afinal não é bem assim. Em contacto com alguns e com pessoas que convivem com eles todos os dias vejo que há a outra face da moeda. 

 

São eles que não querem abrigo. Porque isso implica regras, horas para acordar, horas para regressar, banho e não estarem alcoolizados. E na rua não têm esse tipo de regras.. todas a moedas que recebem dos turistas paga o álcool e estão a vontade deles para se desgraçar. 

 

É triste mas é a verdade. E o máximo que podemos fazer não é dar dinheiro mas sim comida e mantas no inverno. O resto têm de ser eles a querer melhorar e mudar.

 

 

Saloia em Lisboa - atípicamente lisboeta

Uma das melhores surpresas dos últimos tempos... Jantar no Pateo do Bairro do Avillez. Não estava mesmo à espera e conhecendo-me tão bem a pessoa que lá me levou sabia que iria gostar. 

 

Andava deserta para lá ir.. já tinha ido à Taberna mas estava com o olho no Pateo. Porque comer um prato de um chef com estrelas Michelin é ter a certeza de que iremos comer bem... Muito bem.. 

IMG_20170215_210959.jpg

 

Então o motivo deste jantar entrar na rubrica do " saloia em Lisboa" simples, o acompanhante pede o prato de bacalhau à Brás com azeitonas explosivas e a saloia tinha muita curiosidade com as azeitonas há imenso tempo. São super conhecidas entre os apreciadores de cozinha e de comer bem.

 

Ora toca de roubar uma ao acompanhante.. certo. Para isso era preciso a saloia não ser trapalhona e ter algum tipo de destreza,  e a azeitona cair e explodir no prato..  iep caiu mesmo... A experiência de por uma bolinha na boca e explodir e saber a azeitona foi toda parar ao prato! Tão típico atípicamente meu!! 

 

Pelo menos provei o que restou, é algo certo? 

E o acompanhante ter provado e feito a descrição completa daquilo que perdi também ajudou... 

IMG_20170215_211125.jpg

 Para finalizar pedimos uma Pavlova...Que é só o meu doce preferido... Mas comer uma Pavlova com redução de frutos vermelhos, chantilly e gelado de morango, é outro nível... Esperava que fosse demasiado doce como muitas Pavlovas que já experimentei mas não.. estava super equilibrado e desfazia-se na boca. 

 

Quando for grande cozinharei a esse nível... Hope so.

 

Sejam felizes

A típica atípicamente trapalhona saloia em Lisboa 

Dia dos namorados - Só que não...

Hoje é o suposto dia mais romântico do ano, só que não! Para mim é todos os dias e hoje é apenas mais um daqueles dias é que o comércio se apodera ao rubro de uma situação.

Seja presentes ou menus diferentes em restaurantes, é tudo uma questão de dinheiro e de quem factura mais.

 

Eu não sou muito dada ao romantismo. Gosto de mimo e afecto, claro quem não gosta? Gosto de cafuné e colo. Não gosto de dramas do "sem ti não sei viver" ou de frases pré feitas.

 

É apenas a minha opinião...

 

 

O melhor do mundo faz-se em privado.

Sejam felizes

Weirdo

Sou diferente. Gosto de ser diferente.

 

Nunca fui muito de modas nem de seguir o que os outros gostam. 

Portanto esta imagem é muito minha 

 

FB_IMG_1486994473838.jpg

 

Talvez o meu rumo profissional se deva muito à minha esquisitice.. posso ser criativa e fugir das pessoas... 

 

Be happy

Mood of today

Para o meu I

 

Estou a quebrar a minha regra do anonimato mas mereces....

 

"Do you understand me when I say I love you?
Do you hear me clearly when I call you baby
sweety?
Do you see me staring, staring at your face?
Do you know I'm dreaming of your embrace?

All this time I've been in love with you
I still don't know you well
Everyday I wish you'd come to me
And open up your heart

Put your love in me
For all it's meant to be
I'll make you stronger when you feel you wanna give in
I'm pouring out my soul
I hope that soon you will know
This is our time to be together
You and me can live forever

Did you know I'm lonely when you're far away?
Did you know I'm scared of forgeting your face?
Still your memory doesn't seem to erase from my mind

Don't pretend that you don't want me too
Stop playing hard to get
Cause behind the looking glass there is no past
Just me and you

Put your love in me
For all it's meant to be
I'll make you stronger when you feel you wanna give in
I'm pouring out my soul
I hope that soon you will know
This is our time to be together
You and me can live forever

What if we could erase the pain
Would it be easier, easier baby
sweety?
What if we could erase the pain?
If I do it, will you

Put your love in me
For all it's meant to be
I'll make you stronger
When you feel you wanna give in
I'm pouring out my soul
I hope that soon you will know
This is our time to be together
You and me can live forever"

 

 

 

 

like i allways say... Be happy

Pág. 1/2